VAMOS DAR A VOLTA POR CIMA, VARZIM!

Por em 6 de Outubro de 2018

A turma do Varzim Sport Club joga amanhã, em casa, pelas 16 horas, perante a equipa B do Vitória Sport Clube, em jogo da 6.ª jornada da LEDMAN LigaPro.

Os poveiros chegam a esta partida na sequência de um resultado surpreendente, a derrota e consequente eliminação frente ao Sacavense, por 1-2 (Haman), a contar para a segunda eliminatória da Taça de Portugal Placard. Face ao resultado, no decorrer da semana, foi noticiado que Nuno Capucho poderia estar de saída, facto que não foi consumado, na medida em que existe confiança de que este mau momento irá ser ultrapassado. Em relação ao campeonato, a situação também não é a melhor, visto que somam duas derrotas consecutivas, a última contra o Benfica B, por 1-0, encontrando-se no 11.º lugar, com 6 pontos (2 V, 3 D, 4 GM e 4 GS), em igualdade pontual com o 10.º classificado, Académica e o 12.º, Cova da Piedade (um jogo a mais).

Por sua vez, a formação da cidade de Guimarães, orientada por Alex, perdeu a última partida, frente ao Leixões (0-2) e está mal classificada, em zona de despromoção, mais propriamente na 16.ª posição, com 4 pontos, os mesmos que a UD Oliveirense, o Braga B e o Porto B (do 14.º ao 17.º lugar, respetivamente).

Relativamente ao histórico de confrontos realizados na Póvoa de Varzim, os “Lobos do Mar” estão em clara vantagem, visto que venceram três dos quatro embates (dois na Segunda Liga e outro no CNS), tendo existido ainda um empate. A diferença de golos também é bem vincada (sete contra um). De recordar que na época passada, no dia 8 de agosto de 2017, os varzinistas derrotaram os vimaranenses (onde alinhou o avançado, Haman), por uns expressivos 3-0.

Para esta partida, Nuno Capucho convocou os seguintes 19 atletas:

Guarda-Redes: Emanuel Novo e Rafael Broetto.

Defesas: Mário Sérgio, Payne, Nélson Agra, Sandro e Silvério.

Médios: Estrela, Nelsinho, Baba Sow, Jonathan Toro e Pavlovski.

Avançados: Ruan Teles, Ruster, Bakaramoko, Chérif, Haman, Stanley e Júlio Alves.

Em comparação com o jogo frente ao Sacavenense, entram na lista de convocados o médio, Pavlovski e o extremo, Chérif. Por outro lado, sai o avançado, Michalis. De fora mantêm-se Ismael Lekbab, Jeferson, Eridson, Rui Coentrão, Amian e Maycon Canário.

Após a eliminação da Taça de Portugal, a nossa equipa quer redimir-se perante os seus sócios e simpatizantes e deixar para trás este momento recente e não existe nada mais satisfatório do que vencer neste domingo (se possível com uma exibição de nota positiva), subir alguns lugares na tabela classificativa (pode subir ao 5.º/6.º lugar) e conseguir, dessa forma, uma alavanca para posteriormente entrar numa boa série e sequência de resultados, que tragam de novo confiança e motivação para a temporada. Tal como já foi demonstrado na presente época, existe qualidade (não é por acaso que já se venceu duas equipas da Liga NOS, por exemplo) e esta tem que começar a ser mais patente e regular e, amanhã, deve-se acreditar e confiar que a equipa alvinegra vai regressar aos triunfos. Há que entrar forte desde o início, com vontade e procurar desde cedo marcar um golo e a partir desse momento não estagnar e descansar, mas, sim, ir em busca de aumentar o resultado. Como é natural, haverá novas mexidas no onze do Varzim, sendo que uma delas é obrigatória, dada a saída do avançado, Michalis, dos convocados. Do lado do Vitória SC B, há, igualmente, vontade de inverter a sua situação, que está bem perigosa, visto a classificação atual, num plantel bem jovem e inexperiente, que além de procurar vencer, possui jogadores, que obviamente, fruto do seu trabalho, alimentam também o sonho de vir a ser chamados à equipa principal.

Força Varzim, rumo à vitória!

Texto: Duarte Cruz.

Imagem: FJG Neves.