NULO EM AVEIRO FRENTE À OLIVEIRENSE

Por em 13 de Março de 2018

O Varzim empatou a zero na deslocação a Aveiro frente à Oliveirense. Num jogo que ficou marcado pelo temporal que se fez sentir e é óbvio que complicou a prestação das duas equipas. Pode-se dizer que o resultado aceita-se, perante aquilo que se passou dentro das quatro linhas. Já fora das quatro linhas venceram claramente os adeptos do Varzim que se fizeram ouvir durante os noventa minutos, num estádio demasiado grande para tanta pouca gente. A Oliveirense que joga em casa emprestada, devido ao seu estádio, Carlos Osório, se encontrar em obras sendo essa a justificação clara para o pouco público nos jogos em Aveiro (cerca de 400 espectadores).
A equipa comandada por Nuno Capucho acaba assim por conquistar um ponto fora de portas, o que nunca é mau, apesar de ainda não estar afastado dos lugares de perigo na tabela classificativa. A prestação da equipa poveira, sobretudo nas últimas partidas, levam a crer que muito dificilmente o Varzim cairá nessa situação aflitiva, embora toda a gente saiba que este campeonato é muito competitivo e muito rapidamente as coisas podem mudar.

Quanto ao jogo, o Varzim entrou bem e aos 12m, Malele com um remate forte, obrigou o guardião da Oliveirense a aplicar-se. Aos 38m, a Oliveirense teve uma boa oportunidade para se colocar na frente do marcador, mas João Amorim, livre de marcação, atirou por cima da baliza defendida por Paulo Vítor. Antes do intervalo, Jean Filipe e Mário Sérgio criaram perigo na baliza Oliveirense mas o guardião da equipa de Oliveira de Azeméis estava atento.

Na segunda parte, mais Varzim do que Oliveirense. Mário Sérgio, de livre aos 50m, atirou para nova defesa de Júlio Coelho para canto. Com o avançar do jogo as equipas foram-se desgastando e Stanley, já nos descontos esteve perto de dar os três pontos à equipa poveira.

No próximo domingo, o Varzim desloca-se à Madeira para defrontar o candidato Nacional.

O Varzim alinhou com: Paulo Vítor, Mário Sérgio, Agra, Jeferson, Rui Coentrão, Luís Alberto, Nelsinho, Jean (Ruan Teles, 72), Macedo (Diogo Ramos, 88), Stanley e Malele (Buba, 64).