NA CASA DO LÍDER PARA VENCER

Por em 25 de Novembro de 2017

Amanhã, pelas 15 horas, a equipa do Varzim Sport Club joga no terreno do Académico de Viseu Futebol Clube, em jogo da 14.ª jornada da LEDMAN LigaPro.

A turma orientada por Nuno Capucho conseguiu, finalmente, regressar às vitórias, tendo ganho ao União da Madeira, por 3-1, em jogo antecipado da 18.ª jornada. Os golos varzinistas foram marcados através de um auto-golo, do médio Pintassilgo e do ponta-de-lança Baba Seck. O triunfo permitiu a subida ao décimo quarto posto, acumulando dezasseis pontos (quatro vitórias, quatro empates, seis derrotas, quinze golos marcados e quinze sofridos). A diferença perante o primeiro classificado, Académico de Viseu, é de onze pontos e de dez face ao segundo, Famalicão.

Por sua vez, a equipa treinada por Francisco Chaló, está a fazer um belo campeonato, sendo o líder, com vinte e sete pontos e na última jornada venceu o Real, por 0-1. Relativamente às duas restantes competições, os viseenses já foram eliminados, primeiro na Taça CTT, pelo Leixões e depois de eliminarem o Lusitano, saíram da Taça de Portugal Placard, devido a uma derrota, nas grandes penalidades, frente ao Feirense.

Na época 2016/2017, o Académico terminou o campeonato na décima sétima posição, o que obrigou a estar presente no play-off de manutenção, tendo vencido o Merelinense nas duas mãos. O plantel atual é composto por vinte e seis jogadores, com uma média de idades de cerca de 28 anos. Para esta temporada, entraram dezassete atletas, tendo saído nove jogadores.

Em Viseu, a vantagem nos confrontos está do lado do Académico, dado que nos oito embates entre as duas formações (quatro na Segunda Liga, dois na Primeira Liga, um na II Divisão e outro na III Divisão), os visitados venceram por cinco ocasiões, ao passo que o Varzim apenas venceu por uma vez (na II Divisão), tendo existido ainda dois empates. A diferença de golos marcados é de 16 vs 8, sendo de relembrar que na temporada anterior, a partida terminou empatada a duas bolas.

Neste domingo, neste jogo há a particularidade de existirem dois jogadores do lado dos “Viriatos” que já passaram pela equipa poveira, os casos dos defesas-centrais Bruno Miguel e Pica.

Para esta partida, Nuno Capucho convocou os seguintes vinte atletas:

Guarda-Redes: Marinho e Paulo Vítor.

Defesas: Jean Felipe, Mário Sérgio, Tiago Valente, Kaká, Sandro, Jeferson e Milhazes.

Médios: Nelson Agra, Leonel Olímpio, Estrela, Fábio Fonseca, Romeu Rocha, Nelsinho e Pintassilgo.

Avançados: Ruan Teles, Diogo Ramos, Baba Seck e Malele.

Comparativamente com o jogo face ao União da Madeira, sai por lesão, o defesa-esquerdo/extremo Rui Coentrão e entra o defesa-central Sandro. Mantêm-se de fora dos convocados o guarda-redes Paulo Cunha, o defesa-esquerdo João Sousa, os médios Il Soo e Joca, o extremo Jairo Jiménez e os pontas-de-lança Ronan e Lukman.

Com o tão precioso e urgente regresso aos triunfos alcançado frente ao União da Madeira, o objetivo da nossa equipa, apoiada pelos seus adeptos e simpatizantes, passa por conquistar mais três pontos amanhã, importantíssimos para a caminhada nesta difícil e longa LEDMAN LigaPro, permitindo assim diminuir a desvantagem face a lugares acima e conseguir chegar a uma posição mais tranquila, fugindo aos lugares de despromoção. De referir que em caso de vitória, os “Lobos do Mar” poderão chegar no máximo até ao nono lugar. O técnico do Varzim, Nuno Capucho, tem o plantel quase na máxima força, o que é uma boa notícia, sendo que o onze não deverá sofrer muitas alterações (uma mudança obrigatória é a saída de Rui Coentrão, uma vez que se encontra lesionado). Será certamente uma partida com um grau de dificuldade elevado, porque os alvinegros terão pela frente o líder da classificação, com um plantel com muita qualidade, com alguns jogadores experientes e muito bem orientados, por um treinador bastante conhecedor da Segunda Liga e que pretende vencer para se manter no topo da tabela.

Força Varzim, rumo à vitória!

O preço dos bilhetes é o seguinte: 5.00 €.

Texto: Duarte Cruz.

Imagem: FJG Neves.