JOGAR E GANHAR COM “ALMA E RAÇA, ORGULHO E VIDA”

Por em 20 de Janeiro de 2018

Numa semana de várias novidades relativamente ao plantel varzinista, tem início amanhã, pelas 15 horas, um jogo entre históricos do futebol português, com o Varzim Sport Club a receber o Leixões Sport Club, numa partida da 21.ª jornada da LEDMAN LigaPro.

Na semana passada, a tarde de domingo foi de má memória para os poveiros, com um péssimo resultado em Guimarães, com os pupilos de Nuno Capucho a deixarem escapar a vantagem de 0-1, obtida até ao minuto 77, momento do empate e, posteriormente, com o 2-1, a seis minutos dos 90. Face a este resultado e à vitória do Vitória SC B ontem em Oliveira de Azeméis, os alvinegros encontram-se na 18.ª posição, com apenas 21 pontos alcançados (5 vitórias, 6 empates, 9 derrotas, 19 golos marcados e 21 sofridos), a um do 16.º posto e com mais sete do que o último classificado, Real.

Por outro lado, o Leixões, agora treinado pelo ex. jogador do Varzim, Ricardo Malafaia, encontra-se a realizar uma boa época, estando no quinto lugar, com 34 pontos, em igualdade pontual com o quarto, Académica. Relativamente à 20.ª jornada, os leixonenses derrotaram o Real, por 3-0. Nas outras duas competições, os “Bebés do Mar” já foram eliminados. Há que referir que desde a primeira volta, o plantel da turma de Matosinhos recebeu cinco reforços.

Em relação ao histórico de confrontos, na Póvoa de Varzim, em 24 embates (9 na Primeira Liga, 8 na Segunda Liga, 5 na Segunda Divisão, 1 na Taça de Portugal e 1 na Taça da Liga), os “Lobos do Mar” levam vantagem com doze triunfos, ao passo que o Leixões ganhou em duas ocasiões, existindo ainda dez empates. A diferença de golos marcados é de 40 vs 26. Nestes jogos disputados, há que relembrar que na temporada anterior, o Varzim venceu, por 1-0, no dia 11 de fevereiro de 2017.

Para esta partida, Nuno Capucho convocou os seguintes dezanove atletas:

Guarda-Redes: Paulo Vítor e Paulo Cunha.

Defesas: Jean Felipe, Mário Sérgio, Nelson Agra, Tiago Valente, Sandro e Rui Coentrão.

Médios: Luís Alberto, Fábio Fonseca, Nelsinho, Pintassilgo e Agim Zeka.

Avançados: Rúben Macedo, Ruan Teles, Diogo Ramos, Baba Seck, Malele e Stanley.

Comparativamente com o jogo face ao Vitória SC B saem dos convocados o defesa-central, Kaká, o trinco, Leonel Olímpio (dispensados) e o avançado, Buba (lesionado). Por sua vez, entram o defesa-central, Sandro, o trinco, Luís Alberto, o médio, Pintassilgo, o extremo, Ruan Teles, e o avançado, Diogo Ramos. De fora, por lesão, mantêm-se o guarda-redes, Marinho, o defesa-central, Jeferson, e o trinco, Estrela.

Tal como está escrito na tarja que alguns adeptos colocaram no Complexo Desportivo Municipal ”Domingo, Ganhar…ou Ganhar”, este terá que ser o pensamento e o objetivo da equipa técnica e dos jogadores neste complicado desafio. Com o percurso do Varzim nesta época em todas as competições a estar bastante aquém do desejado e das expetativas, o que se espera e se deseja (já há várias jornadas atrás) é que haja um “clique” e que a nossa equipa entre, finalmente, numa senda de triunfos (se possível aliada com boas exibições), de forma a que os poveiros saiam finalmente dos lugares de descida de divisão e consigam brevemente estar numa posição bem mais tranquila na tabela classificativa. É preciso que a equipa jogue com “Alma e Raça, Orgulho e Vida”, que dê tudo pelo nosso clube, que dignifique o emblema que carrega ao peito e que nunca desista, “chamando” assim os adeptos ao estádio para serem o seu 12. Jogador. Com a redução do plantel, Nuno Capucho terá menos opções, sendo certo que haverá pelo menos duas novidades no próximo onze, já que Kaká e Leonel Olímpio foram dispensados, não tendo sido ainda oficialmente anunciadas as suas rescisões de contrato. Os “Lobos do Mar” sabem de antemão que, em caso de vitória, poderão subir no máximo até ao 14.º lugar (ocupado pelo União da Madeira, com 23 pontos). No caso do clube matosinhense, a história é bem diferente, dado que poderão chegar até ao segundo lugar (ocupado pelo Nacional, com 35 pontos). Será um jogo bastante complicado, visto que o Leixões é composto por uma equipa com qualidade e que tudo fará para chegar à zona de subida. Espera-se que o estádio esteja bem composto, com muitos adeptos de cada lado, pelo que há todas as condições para que seja uma partida que os jogadores gostam de jogar e que o número de espetadores fará recordar antigos confrontos entre os dois clubes.

O preço dos bilhetes é o seguinte:

http://varzim.pt/site/preco-dos-bilhetes-varzim-x-leixoes/

Força Varzim, rumo à vitória!

Texto: Duarte Cruz.

Imagem: FJG Neves.