GANHAR E CHEGAR AO 1.º LUGAR DO GRUPO “C” É O OBJETIVO

Por em 15 de Setembro de 2018

Após uma paragem nos jogos oficiais, a equipa do Varzim Sport Club está de regresso neste domingo, pelas 17:30 h, estreando-se na fase de grupos da Allianz Cup (grupo C), na qual recebe a turma de Os Belenenses SAD, sendo que o embate terá transmissão na Sport TV 3.

Os poveiros chegam a esta partida, com uma derrota na quarta jornada da LEDMAN LigaPro, tendo perdido, por 0-1, perante o Paços de Ferreira. Como consequência, desceram ao nono posto, acumulando seis pontos (2 V, 2 D, 4 GM e 3 GS), em igualdade pontual com o oitavo e décimo classificados, Penafiel e Leixões, respetivamente. No que diz respeito à competição de amanhã, os alvinegros eliminaram o Cova da Piedade (2-0) e o Moreirense (2-0) nas fases anteriores.

Por sua vez, a equipa que agora joga no Estádio Nacional do Jamor, orientada por Silas, encontra-se no décimo lugar da Liga NOS, com cinco pontos, os mesmos que o nono classificado, Santa Clara. Relativamente à Allianz Cup, a turma de Os Belenenses SAD eliminou a UD Oliveirense para chegar a esta fase, tendo vencido, por 3-1.

Não contando com a separação do clube em dois (o Clube de Futebol “Os Belenenses” está na Distrital), em 21 confrontos na Póvoa de Varzim, o resultado mais comum durante estes embates foi o empate (oito). Por sua vez, os “Lobos do Mar” venceram por sete vezes (seis na Primeira Liga e outra na Segunda Liga), sendo que a formação de Belém ganhou por seis ocasiões. Em termos de golos marcados, a diferença não é, igualmente, muito díspar (26 vs 23). A última partida entre ambos os clubes em terra poveira terminou com um triunfo adversário, por 1-2, no dia 21/05/2011.

Para este embate, Nuno Capucho, convocou os seguintes 19 atletas:

Guarda-Redes: Emanuel Novo e Rafael Broetto.

Defesas: Payne, Nélson Agra, Jeferson, Sandro, Silvério e Rui Coentrão.

Médios: Estrela, Nelsinho, Baba Sow e Jonathan Toro.

Avançados: Ruan Teles, Ruster, Bakaramoko, Chérif, Michalis, Haman e Júlio Alves.

Comparativamente com o jogo frente ao Paços de Ferreira saem, por lesão, o defesa-direito, Mário Sérgio e o avançado, Stanley. Por outro lado, regressa o extremo, Bakaramoko. De fora continuam o guarda-redes, Ismael Lekbab (opção), o defesa-central, Eridson (opção), o defesa-esquerdo, Amian (lesão) e o trinco, Maycon Canário (opção).

Motivada com os dois resultados da primeira e segunda fase da competição, a nossa equipa pretende, naturalmente, “entrar com o pé direito” na fase de grupos, ganhando, sabendo de antemão que, em caso de vitória, chegará ao primeiro lugar do seu grupo, dado o empate desta sexta-feira, a uma bola, entre o FC Porto e o Chaves. Não obstante o teórico favoritismo de uma equipa de competição superior, o que realmente interessa é a prática, ou seja, o que se passará dentro de campo e, neste caso, os varzinistas jogam em casa, perante os seus sócios e simpatizantes, que se espera que estejam em bom número para apoiar a sua equipa neste jogo complicado. O técnico do Varzim, Nuno Capucho, irá proceder a algumas alterações, sendo certas duas, dadas as lesões de Mário Sérgio e Stanley. Do outro lado, acompanhada pelos seus adeptos, que são esperados em boa quantidade (previsto mais de um autocarro), estará uma equipa da Liga NOS e que chegará à Póvoa com o mesmo objetivo dos poveiros, vencer e não ser surpreendida por uma equipa de um escalão inferior. É comandada por um técnico que está a iniciar a sua carreira (estreou-se na época anterior) e com um plantel com qualidade e com certos jogadores com experiência no futebol português.

Força Varzim, rumo à vitória!

Texto: Duarte Cruz.
Imagem: FJG Neves.