EQUIPA SATÉLITE EM JUNIORES SERÁ NOVIDADE NA FORMAÇÃO

Por em 1 de Julho de 2016

“No Departamento de Formação a época 2016/2017 já está a ser preparada, começando por um reajustamento aos corpos técnicos dos vários escalões.

No entanto, a grande novidade para a nova temporada está na criação de uma segunda equipa de Juniores, através de um protocolo com a Associação Desportiva de Balasar que, funcionará como equipa satélite, na 2.ª Divisão Distrital da Associação de Futebol do Porto.

João Eusébio, coordenador da Formação do Varzim, explica esta nova aposta do Clube: “Este projecto tem a ver com o processo de formação. Não tem tanto a ver com a criação de mais uma equipa, mas sim com o processo de fabrico. Para além de ser uma equipa satélite, vamos aumentar o raio de scouting, procurando uma melhor interligação e maior identidade com as equipas do Interfreguesias que é onde podemos adquirir futuros potenciais para o Varzim. É um patamar em que podemos trabalhar em função de ocupação de espaços, visto que o Varzim, neste momento, está muito condicionado nesse campo. A logística (ocupação de espaços e transporte) é toda do Balasar e o Varzim dá a metodologia de treino, isto é, o processo de fabrico é do Varzim. A equipa será composta por 60% de jogadores do Varzim e 40% por jogadores não só do Balasar, mas de equipas alcançadas pelo maior raio de acção possível em termos de scouting.”

A este esclarecimento, João Eusébio acrescenta um outro argumento:
“O Varzim está a perder jogadores na Formação para equipas do Inter-freguesias.  Reparem, não estou a falar de clubes da dimensão e do patamar do Varzim. Quando isso acontece, temos que parar para pensar e perceber o porquê de miúdos de 13 e 14 anos preferirem jogar, por exemplo, no Estela a jogar no Varzim. Isso está acontecer. Desde que estou cá, já detectei situações dessas. São factos. Então, como podemos resolver esta situação? “Conquistando este scouting de Interfreguesias que tem jogadores de muita qualidade e que serão futuros potenciais do Varzim, criando laços com os clubes das freguesias que nos permitam solucionar as limitações de infra-estruturas, aliado à qualidade de muitos dos jogadores que lá competem.”

Quanto à reorganização das equipas técnicas, o coordenador explica que o processo foi desenvolvido de acordo com a Certificação do Varzim, junto da FPF, como Clube Formador.

O Varzim é um clube certificado, o que implica ter em todos os escalões treinadores qualificados. Tivemos também que alargar os recursos humanos a um psicólogo, um nutricionista e um podologista. O processo foi feito também de acordo com o perfil dos treinadores para determinado escalão, ou seja, reestruturámos as equipas técnicas de acordo com as qualificações e com o perfil dos treinadores. Para além disso, estabelecemos um protocolo com o ISMAI (Instituto Superior da Maia) para as áreas de recuperação e de análise e observação. Teremos treinadores estagiários que vão enriquecer os nossos recursos humanos. Em suma, teremos treinadores com experiência e know-how futebolístico com uma simbiose de futuros treinadores da parte científica, o que nos vai ajudar a potencializar os nossos jogadores.”

Assim sendo, passamos a divulgar os nomes dos treinadores da Formação e respectivos escalões para a época 2016/2017.

JUNIORES

Lírio Vila Cova e Paulo Araújo

JUNIORES “B” – EQUIPA SATÉLITE ADC BALASAR

Quim Cerqueira

JUVENIS

Américo Araújo e Alberto Silva

INICIADOS

Cristianos Couto, Tita Santos e Carlos Baptista

INFANTIS/BENJAMINS

António Cacheira, André Carvalho, Mário Cunha e Márcia Rodrigues”

Site oficial do Varzim SC