EM BUSCA DO 5.º LUGAR COM PERSPETIVA DE BOA CASA

Por em 6 de Maio de 2017

A equipa do Varzim Sport Club recebe neste domingo, pelas 16 horas, a turma do Futebol Clube de Famalicão, numa partida da 40.ª jornada da LEDMAN LigaPro e que terá a arbitragem de Tiago Martins, da AF Lisboa.

Os “Lobos do Mar”, treinados por João Eusébio, encontram-se numa fase muito negativa, com quatro derrotas consecutivas (inédito nesta época), sendo que a mais recente teve lugar na Cova da Piedade (1-0), estando o Varzim no sexto lugar, acumulando 58 pontos (16 vitórias, 10 empates e 13 derrotas), em igualdade pontual com o quinto classificado, Braga B, com mais um ponto do que o sétimo, Vitória SC B (jogou neste sábado), e com cinco pontos de diferença face ao terceiro, Benfica B.

Os famalicenses, treinados pelo nosso bem conhecido e campeão pelo Varzim, Dito, estão a realizar um campeonato abaixo das expetativas, situando-se no décimo sétimo posto, zona de play-off, com 47 pontos. De referir que chegam à Póvoa com uma vitória na bagagem, por 2-0, frente ao Vizela. Em relação às restantes competições, o Famalicão chegou até à terceira eliminatória da Taça de Portugal Placard e não passou da primeira fase da Taça CTT.

O atual plantel é formado por vinte e seis jogadores, com uma média de idades de cerca de 28 anos. No mercado de inverno há que referir que existiram três entradas e duas saídas. Ao nível do comando técnico, a equipa famalicense já teve mais dois treinadores, Ulisses Morais e Nandinho.

Nos dezassete confrontos na Póvoa de Varzim (dez na Segunda Divisão, quatro no Campeonato Nacional de Seniores, e os restantes três distribuídos pela Primeira Liga, Taça de Portugal e Segunda Liga), existe uma grande vantagem poveira em comparação com os famalicenses, dado que os “Lobos do Mar” triunfaram por onze ocasiões (oito na Segunda Divisão, duas no Campeonato Nacional de Seniores e uma na Taça de Portugal), ao passo que o Famalicão venceu por apenas uma vez, tendo-se registado cinco empates. Em termos de golos marcados, a diferença é avassaladora (23 vs 6). De recordar que na temporada anterior, os famalicenses venceram, por 1-2, no dia 09 de agosto de 2015.

Uma curiosidade para este embate diz respeito ao facto do extremo Rui Costa ser natural de Famalicão e de ter feito parte da sua formação em terra famalicense e, além de Dito, existirem elementos do Famalicão que tiveram um passado no Varzim, o caso do extremo, Mendes, e do ponta-de-lança, Chico.

Quem pensa num passado recente de Campeonato Nacional de Seniores (principalmente em 2014/2015), recorda-se perfeitamente dos jogos entre Varzim e Famalicão, jogos sempre bem disputados, com duas equipas a lutarem pela subida e com casas cheias. Neste domingo, prevê-se novamente uma boa partida, com uma boa moldura humana, no entanto com objetivos diferentes. A nossa equipa já conquistou há algum tempo o seu primeiro objetivo, a manutenção, ao invés do Famalicão que corre o risco de descer de divisão, sendo que se o campeonato tivesse já terminado, iria ao play-off de manutenção. Não obstante a nossa meta ter sido já conquistada com tempo, não se pode descansar e tem que se continuar a jogar e a pensar à Varzim, ou seja, entrar em campo sempre para vencer, com “alma, raça, orgulho e vida”, que tanto carateriza o nosso clube. Após quatro derrotas consecutivas, os alvinegros pretendem não só voltar às vitórias, mas também regressar, de uma vez por todas, aos triunfos no seu estádio (resultado que “foge” desde fevereiro), sendo que a soma de três pontos coloca, no máximo, os poveiros no quinto lugar. É, igualmente, deveras importante referir que uma derrota poderá colocar o Varzim no 11.º lugar, por isso, há que ter muito cuidado. Para este confronto são esperadas algumas novidades, dado que há vários jogadores lesionados e um castigado (Delmiro), sendo destaque o regresso do extremo, Rui Coentrão. Do lado do Famalicão, pode-se esperar uma boa equipa, bem orientada, e que procurará dar o seu máximo, de forma a vencer para fugir das zonas perigosas, sendo certo que, em caso de vitória, no máximo, os famalicenses sobem ao décimo sexto lugar.

Força Varzim, rumo à vitória!

O preço dos bilhetes é o seguinte:

Sócios:

Nascente

Efetivo: 2.50 €

Veterano: 1.00 €

Norte

Efetivo: 3.00 €

Veterano: 2.00 €

Público:

Nascente: 5.00 €

Norte: 10.00 €

Texto: Duarte Cruz.

Imagem: FJG Neves.