2.ª VITÓRIA CONSECUTIVA É O DESEJO

Por em 6 de Abril de 2018

Após o regresso às vitórias na quarta-feira, o Varzim Sport Club joga amanhã, pelas 16 horas, no terreno do Sporting Clube da Covilhã, em jogo da 32.ª jornada da LEDMAN LigaPro.

O 10.º triunfo no campeonato ocorreu precisamente na quarta-feira, dia em que os poveiros derrotaram a equipa B do Porto, por 3-1 (Rui Coentrão, Nelsinho e Stanley), tendo permitido a subida ao 12.º lugar e acumulado 40 pontos (10 V, 10 E, 11 D, 34 GM e 34 GS), numa altura em que faltam apenas sete jogos para terminar o campeonato.

Por sua vez, o Covilhã, treinado por José Augusto, excetuando a vitória na 29.ª jornada tem tido um conjunto de jogos sem vencer, o que levou os serranos a descerem na tabela classificativa, após várias vitórias consecutivas. Na última jornada, os “Leões da Serra” perderam, por 1-3, frente ao Académico de Viseu, estando em 14.º lugar, com 39 pontos, em igualdade pontual com o 13.º, UD Oliveirense.

Nos confrontos diretos na Covilhã, há o mesmo número de triunfos de parte-a-parte (7), tendo existido, igualmente, 5 empates. Os “Lobos do Mar” venceram por quatro vezes na Segunda Liga, duas na Taça de Portugal e uma na Segunda Divisão. O número de golos marcados é mais favorável aos varzinistas (19 vs 23). De relembrar que na época passada, no dia 4 de dezembro de 2016, os serranos ganharam por 2-0 e, assim sendo, espera-se e deseja-se que neste sábado a história seja bem diferente, com a equipa orientada por Nuno Capucho a somar 8 vitórias no confronto direto na Covilhã.

Para este embate foram convocados os seguintes 22 jogadores:

Guarda-Redes: Paulo Vítor, Paulo Cunha e Marinho.

Defesas: Jean Felipe, Mário Sérgio, Sandro, Tiago Valente, Jeferson, Nelson Agra e Rui Coentrão.

Médios: Luís Alberto, Joca, Fábio Fonseca, Estrela, Nelsinho e Pintassilgo.

Avançados: Rúben Macedo, Ruan Teles, Diogo Ramos, Baba Seck, Malele e Stanley.

Em comparação com a partida perante o Porto B sai o avançado Buba e entram o guarda-redes Marinho, o central Nelson Agra, o trinco Fábio Fonseca e o extremo Rúben Macedo. De fora, por lesão, continua o médio, Agim Zeka.

Com os três pontos somados durante esta semana, o objetivo é que a nossa equipa consiga fechar o fim-de-semana com 43 pontos na “bagagem” e, por conseguinte, somar a segunda vitória seguida. É importante que consiga ser mais constante (não só nos resultados, mas também em níveis exibicionais), de forma a alcançar a manutenção o mais cedo possível e que não esteja tão intranquila na classificação. Um triunfo poderá levar os alvinegros a subirem, no máximo, ao 9.º lugar, igualando o Famalicão (o Varzim tem vantagem direta). Neste jogo haverá mudanças no onze do Varzim (assumido por Nuno Capucho) e a prova está em só não terem sido convocados dois atletas. Por outro lado, o Covilhã quer redimir-se do último resultado, sendo que a vitória lhe daria também mais tranquilidade na classificação, visto que somaria 42 pontos e poderia chegar, no máximo, ao 11.º posto. Os serranos, bem orientados, têm uma equipa com uma mistura de experiência (nomeadamente a defesa) e juventude e que dará tudo para que a nossa equipa não some três pontos, Apesar dos lugares no campeonato de ambas as equipas, há condições para que seja uma partida interessante e a meta é que, naturalmente, no fim, os varzinistas sejam os mais felizes.

Força Varzim, rumo à vitória!

Texto: Duarte Cruz.

Imagem: FJG Neves.